quinta-feira, 10 de junho de 2010

Deixa eu te falar...


Deixa o que eu sinto transbordar!
Deixa eu te dizer, explicitar...
Que teu sorriso me muda por dentro
Que o que você diz me faz repensar
Que com você o mais breve momento
Parece não ter sentido em acabar
Que teus versos completaram os meus
Que teus braços vieram me completar
Que eu achava que era inteira,
Até você vir para me inteirar.

2 comentários:

Verônica disse...

Adorei! Achei fofo sabe! O jeito de escrever... e o final é perfeito: "eu achava que era inteira até você vir para me inteirar."
Bjs

Beatrice Monteiro. disse...

Brigada, Vê! Você que é uma fofa kk Beijo!