sábado, 16 de outubro de 2010

A paixão

Incendiastes as colheitas mais secas.
Os corações mais duros.
Os homens mais brutos.

Incendiastes as namoradeiras.
As sextas-feiras.
As noites sem lua.

Enamorastes os derradeiros.
Os verdadeiros.
As musas.

E nos encantastes com as incertezas.
Com as sereias.
E com a vida.


Um comentário:

Beatrice Monteiro. disse...

Ah! Confesso que senti muitas saudades de teus posts, de teus textos... De saborear do teu olhar sensível.
Belo texto de retorno! Parabéns! :D