quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Morena


Morena, ah minha morena,
Me dá um beijo!
Me dá um beijo!
Que eu to morrendo de saudades de'ocê.

Vem cá minha morena! Pra cá minha morena!
Que eu hoje to com saudades!
Que eu hoje to com saudades!
E essa saudade é você!

Deixa eu dizer, minha morena...
Deixa eu dizer, minha morena...
Que hoje a saudade é demais! E
Que o homem que eu sou, é metade você.

(E é a sua metade em mim que me torna completo.)

Ah, minha morena...
Ah, minha morena...
Deixa eu dizer...
Que o verso que sou, eu fiz pra você.

2 comentários:

Beatrice Monteiro. disse...

Muito obrigada, meu amor! Estou sem palavras para descrever o quanto eu agradeço seus versos, seu carinho e sua doçura comigo, sempre... "O verso que sou, eu fiz pra você" Lindo isso! Te amo!!

kathe moller disse...

é tão lindo ver tal demonstração de amor.
O amor puro que raramente se vê é claro em seus versos feitos para sua amada!
Parabéns
Boa sorte no namoro e na arte de escrever que você esta se dando muito bem.